Pesquisar

O Meu Cantinho

O silêncio gritou em mim

Vem amor..
Estou aqui à tua espera.
Eu posso ficar aqui fora
enquanto tu demoras,
mas não demores muito.
Está fresco.
Preciso do teu abraço.
Não quero ficar mais uma noite
apenas pensando em ti.
Alias, essa noite nem dormi.
A cama estava fria, sem o teu calor.
Não demores, eu estou aqui…
Não vou trocar o teu abraço,
o teu beijo por nada, esta noite…
O silêncio gritou em mim
Sinto a tua falta…

Marya Vieira

Anúncios

O teu sorriso

Viajo no teu universo.
Encontro a pureza
Querendo ver o teu sorriso.
Sorriso quando se abre
Me derrete.
Abre-se uma porta.
E por essa porta,
Eu entro, demoro, habito.
Quero ficar…
Um amor conquistado a cada segundo,
sem medo, sem limites
amor que nos envolve em calor,
paixão e alegrias.
Quero ficar, aqui!
Mas se preferires,
apenas amar-te-ei, com doçura…
Meu doce AMOR…!

Marya VieiraFB_IMG_1537833391768

Tão somente…

A madrugada é frágil.
Uma manhã fria, com perfume de amor.
Nosso amor faz a hora perfeita.
Te quero aqui comigo a cada noite,
em cada amanhecer.
Orquestrando as palavras
para assim colocar em ordem
os nossos mundos.
O oculto e o que está visível,
Mas nenhum pode ser visto
nenhum pode ser admirado.
Apenas imaginado,
Por nós e pelos outros.
assim… tão somente

Marya Vieira

Mãe

Neste momento, faltam-me as palavras,
Palavras que perdem o sentido
Diante das saudades que irei sentir.
Porque foste embora e o meu sorriso diminuiu.
Porque te foste embora
Levando um pedaço de mim.
Por tanto que sorrimos e choramos,
Por perceber que fizemos história
Com momentos felizes.
Por não entender,
Que Mãe também morre….
E com algumas horas de distância,
Eu morro de saudades.
Hoje é apenas mais um dia,
Após a tua partida.
Hoje só quero fechar os olhos,
Te abraçar e dizer
O quanto te amei e vou amar.
Porque hoje, minha Mãe,
Tenho menos um pedaço de ti.

Marya Vieira

Voltei

Chego de mansinho,
Sem deixar as lágrimas caírem
e os olhos se ofuscarem.
Retomo os meus dias,
a minha sede de viver a vida.
Nela eu vejo a chance de poder me redimir
E poder fazer alguém feliz de facto.
Viver num abraço e nunca fugir.
Ter amor e os sorrisos mais raros.
De volta porque só assim
consigo ser completa,
compreendida.
Por que ainda olho pela janela.
Por que ainda espero o amanhecer.
E quando cai a noite,
já não sinto o vazio nem o medo.
De volta para ser FELIZ…!

Marya Vieira

Primavera da vida

Momentos que se vão
como pássaros que voam livres.
A Primavera voltará apaziguadora.
O encanto de conhecer,
Independentemente do ser,
a delícia do Viver…
Sempre haverá um alguém para outro alguém,
um amor para outro amor.
Um dia, para onde o destino me levar,
Meus medos se irão calar.
A saudade aproxima a alma
De corpos que insistem em se separar.
O Adeus pode ser certo,
mas outras primaveras virão,
e mais outras, sem fim…
Porque o amor… o AMOR
Jamais morrerá….

Marya Vieira

Pesadelo

Silenciosamente a meta é  justa
Às vezes uma brecha para me entender
Salvando-me deste pesadelo
Chamado vida…
Meus medos fantasiados,
Num mundo onde não controlo
O que é  sonho ou realidade.
Em silêncio,  sinto o anoitecer.
Sinto-me perdida neste mundo
Que não existe mais.
Existe apenas um sentimento
De impotência que renego.
Roubaram o meu sorriso,
A minha alegria…
Um sentimento chamado
PESADELO
Marya Vieira

Existo

Apenas hoje eu quero existir.
Não falar, não explicar, não lembrar.
Hoje só quero compreender
Como me ajustar a um mundo
Onde me sinto desajustada.
Quero passar despercebida
A todos que não compreendem
O apelo da alma
“Da minha alma”
Hoje não quero prazos,
Apenas quero existir.
Meu raciocínio sucumbe pelo cansaço.
Cansaço de pensamentos
Não partilhados
Vejo meus passos limitados,
Mas orgulhosa, não permito meu grito
E sufoco…..
Pode não existir o amanhã,
Mas hoje, eu existo…!

Marya Vieira

Memórias

As memórias de mim.
Toda aspereza
que eu escondo no fundo do arquivo.
Vejo fantasmas que me empurram.
No silêncio sinto os passos 
da minha alma.
E uma gargalhada estridente
que vem de longe, me incomoda.
Vejo a madrugada que se aproxima,
que conduz meu subconsciente
e me transporta a este estado
de tensão e medo!
Preciso filtrar minha memória.
Apenas um pequeno gesto,
para guardar lembranças
Dos que me amaram,
apenas por eu ser como sou
e QUEM SOU…!

Marya Vieira

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑